#Leiamulheres | 9 livros escritos por mulheres

15/05/2017

Esse post faz parte da blogagem coletiva relâmpago do grupo Interative-se! Venha para o nosso clubinho.

A hashtag #leiamulheres é uma derivação do projeto #readwomen2014, criado pela escritora e ilustradora britânica Joanna Walsh. A ideia da campanha é encorajar a leitura de livros escritos por mulheres, visto que o mercado editorial é predominantemente composto por homens. 

Assim, resolvi aproveitar o tema literário da blogagem coletiva relâmpago que está rolando lá no Interative-se e fazer um apanhado de autoras/livros que considero maravilhosos. Vem ver! ♥

9 livros escritos por mulheres

1. E não sobrou nenhum
| Agatha Christie
A obra, cujo título original era "O caso dos dez negrinhos", é um clássico dos mistérios. A dama do crime não decepciona e faz jus aos títulos que recebe. O enredo é intrigante e a narrativa prende o leitor do início ao fim. A premissa gira em torno de dez pessoas distintas que são convidadas para um fim de semana na Ilha do Soldado e, após o jantar na primeira noite, começam a morrer. É maravilhoso bancar o detetive durante a leitura!

2. O diário de Anne Frank | Anne Frank
Um relato verídico, portanto, pesado e profundamente triste, que tem como pano de fundo a Segunda Guerra Mundial e a perseguição aos judeus. A autora possuía apenas 13 anos quando começou a narrar os acontecimentos de sua vida durante a dominação nazista. Otto Frank, pai de Anne e único sobrevivente da família, fez a primeira publicação do livro em 1947, seguindo os desejos da filha.

3. Crônicas vampirescas | Anne Rice
Rice simplesmente revolucionou o submundo vampiresco e é uma das minhas autoras queridinhas. Primeiro, porque possui uma linda história de superação por meio da escrita. E, mais importante, seus livros, em específico as crônicas vampirescas, são fenomenais! Como não se apaixonar por Lestat?

4. Sejamos todas feministas | Chimamanda Ngozi Adichie
O livro apresenta a transcrição de uma palestra feita pela autora nigeriana, em 2012, para o TEDxEuston, evento independente organizado para debates com enfoque em pensadores e líderes africanos. A leitura é fluída e Chimamanda consegue, de maneira objetiva e clara, abordar a permanente necessidade do feminismo, além de discutir gênero, cultura e desigualdade. Vale a pena!

5. O morro dos ventos uivantes | Emily Brontë
Lançado em 1847, foi o único romance da autora britânica que, à época, escrevia sob um pseudônimo masculino  Ellis Bell. Conta a história do romance que acontece entre Heathcliff e Catherine, tendo como cenário principal a propriedade que dá nome à obra. Possui um enredo turbulento, com personagens profundos e realistas. Uma história complexa, recheada de drama, vingança, tragédia e tantas outras características essenciais ao título.

9 livros escritos por mulheres

6. O sol é para todos | Harper Lee
Harper Lee cutucou muitas feridas ao escrever "O sol é para todos"! Um livro que, inicialmente, parece ingênuo e sem grande propósito definido. Porém, ao decorrer dos fatos, percebe-se o caráter analítico e essencial da trama. Trata sobre preconceito, machismo, racismo e tantos outros assuntos que eram (e ainda são) tabus. Uma das minhas leituras favoritas de todos os tempos!

7. Orgulho e preconceito | Jane Austen
É uma das obras mais conhecidas da escritora e foi seu segundo romance, lançado em 1813. Desenvolve boas críticas sociais, ainda que de forma satírica, e possui irreverência, principalmente, se considerarmos o período em que foi escrito. A narrativa de Austen é bem amarrada e cativante. Elizabeth Bennet, a personagem principal, é uma mulher à frente de seu tempo. Mr. Darcy, o protagonista masculino, possui alto status e é mal interpretado pela sociedade. A história se desenvolve entre as desavenças iniciais e o futuro romance que terão.

8. Frankenstein | Mary Shelley
Escrito em meados de 1816, quando Shelley tinha apenas 19 anos, "Frankenstein" é uma das obras-primas da ficção científica e do horror! Disserta sobre o conflito entre ética e moral de maneira dinâmica e traz uma análise profunda sobre a natureza das relações humanas. Quem, de fato, é o monstro? Fica o questionamento. 

9. Extraordinário | R. J. Palacio
Um livro sensível com nuances reflexivas, realmente extraordinário. R. J. Palacio discorre, basicamente, sobre preconceito e julgamento, visto que a trama é protagonizada por Auggie, um garoto de dez anos que sofre de uma síndrome genética cuja sequela é uma série de deformidades físicas. Deveria ser leitura obrigatória em todas as escolas!

Matilda
Bora ler essas maravilhosas? :)

20 comentários:

  1. Ainda não li a maioria desses que tu mencionou, mas quanto às Crônicas vampirescas: gosto não, não tem como, hahaha Porém, adoro A hora das Bruxas. Você já leu? Se não, total vale a pena, hein!

    ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim, guria?! #chocada HAHAHA Amo/sou as "Crônicas vampirescas"!

      Ainda não li, mas está na minha lista. <3

      Beijão.

      Excluir
  2. Que maravilha! Amei essa postagem! Muito rica! Parabéns!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, gratidão! Fico feliz que tenha gostado. :)

      Beijos ;*

      Excluir
  3. Orgulho e Preconceito, Frankenstein e Extraordinário são os livros lindos, lindos, lindos demais! Amo os livros da Jane Austen, por sinal.Só ela para criar personagens impossíveis de não se apaixonar (ainda suspiro pelo senhor Darcy toda vez que vejo o filme ou releio o livro). Acho que se fosse eu fazendo essa lista adicionaria J. K. Rowling haha Beijoos!


    itskimby.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, também acho! ♥ Como não suspirar pelo Mr. Darcy?! Se descobrir, me conte! hahaha

      Eu gosto da J. K. como escritora, mas a série HP em si não me encanta. :/ Também tinha várias outras escritoras em mente, mas o post já estava enorme. Talvez role um "parte II", quem sabe. haha

      Obrigada pela visita!

      Beijos :*

      Excluir
  4. Amei a lista! É muito importante darmos enfase ao trabalho feminino. Dica: comprei o livro Histórias de ninar para garotas rebeldes e é maravilhoso! Vai sair resenha no blog semana que vem, se tu quiser conhecer.. beijos

    www.doceestranheza.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compartilho da mesma ideia! Devemos manter essa rede feminina de apoio sempre viva. ♥

      Sabe que estou louca para adquirir esse livro?! Irei ler sua resenha.

      Beijos ;*

      Excluir
  5. Oiee

    Que lista!! Ótimas escolhas. Só Anne Rice que ainda não li nada.
    O Sol é para todos e Orgulho e Preconceito são meus favoritos.
    Agatha Christie é minha diva! Comecei por seus livros e tenho um carinho todo especial.
    Palmas para as mulheres que merecem todo respeito por seu trabalho!

    bjs
    Fernanda Yano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! :)

      Poxa, muito obrigada! Fico feliz que tenha gostado. Recomendo bastante, a escrita da Anne é ótima, super cativante. Além disso, ela possui várias obras, tem para todos os gostos. hahaha

      Também me iniciei na leitura por meio da Agatha Christie e sou apaixonada por ela até hoje!

      Beijos ;*

      Excluir
  6. Agatha Christie é minha escritora preferida e eu queria MUITO escrever tão bem quanto ela. Todos os livros dela são curtinhos e tem TANTO conteúdo. Ela é muito incrível! E "o caso dos dez negrinhos" (que eles lançaram recentemente com esse título "e não sobrou nenhum", escolha certíssima a propósito) é meu preferido dela.
    Também amo a Jane por motivos de: o sarcasmo dela é um exemplo pra todas nós HAHA
    Vou deixar uma dica de autora pra você: Gillian Flynn. Eu li Garota Exemplar e Objetos Cortantes dela e amei.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, concordo! Um dia pretendo escrever tão bem quanto ela. Adult life goals~. hahahaha O título ficou tão melhor, né?!

      Adorei as indicações! ♥ Irei ler, com certeza.

      Beijão :*

      Excluir
  7. Que lista maravilhosa! Acho que realmente temos que ler mais mulheres, ainda mais considerando o quanto esse ramo é predominado por homens, como você mesma citou. Desses livros que você indicou, já li os seguintes: "E não sobrou nenhum"; "O diário de Anne Frank"; "Sejamos todos feministas" (que nos mostra o quanto ainda precisamos nos desconstruir para termos uma sociedade melhor); "Orgulho e preconceito" (sou apaixonada até hoje por Mr. Darcy).
    Tenho que comentar o quanto amo Agatha Christie, ela foi a primeira autora por qual eu me apaixonei, lembro de ler toda a seção de livros dela na biblioteca da minha escola, é daquelas autoras que eu sempre indico para quem conheço.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Concordo plenamente.

      Como não amar o Mr. Darcy?! HAHAHA ♥

      Agatha Christie é uma ótima influência literária para todos, também sempre indico.

      Beijos ;*

      Excluir
  8. Que lista incrível, quer ler todos? Sem duvida alguma, e mana, não sabia que Frankenstein foi escrito por uma mulher, uau, eu realmente estou surpresa e bastante interessada no livro. Alguns eu já conhecia e não comprei ainda por falta de grana - fazer o que né, vida de universitária -, mas sem duvida, já vou procurar e quando tiver a grana, começar a comprar ahushs

    Amei a lista, de verdade.

    Beijinhos ;*

    rainbowazure.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Victoria!! Que lista maravilhosa é essa?! Dia desses fizeram uma enquete em um grupo de leitores que eu participo sobre quantos livros escritos por mulheres tínhamos lido entre 2015 e 2017 e eu fiquei muito triste em perceber que só uns 15% dos meus livros lidos eram de autoras (entre elas, por acaso, estavam Anne Frank, Chimamanda e Jane Austen). Precisamos corrigir esse erro e ler e incentivar mais essas escritoras maravilhosas! Adorei o post!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu já amei sua postagem só de ler o título! Eu uso essa # porque é linda e precisamos muito incentivar a leitura de escritoras!!! <3
    Só título maravilhoso nessa sua lista: Esse da Agatha ainda não li e tá na lista de desejos. Comecei a ler O Diário de Anne Frank e dei uma parada pra ler outra coisa e ele acabou voltando pra prateleira, mas mês que vem devo pegar ele de novo. Crônicas Vampirescas não li todos, mas amei todos que li! ehehe (sou fã da Anne!). Preciso nem falar meus sentimentos sobre Sejamos Todos Feministas, né?! Tu leu meu post quilométrico e sabe dos meus pensamentos... rs
    O Morro dos Ventos Uivantes tá na lista de desejos há um tempo e espero ler ele logo! Vou até checar se consigo ele no Kindle Unlimited eheheh
    Preciso ler O Sol é Para Todos, urgente! Jane Austen (ainda não li todas as obras dela, mas Orgulho e Preconceito segue sendo favorito...), Frankstein tô pra ler ainda (comprei uma edição lindona na black friday do ano passado e ainda não peguei nele... rs). Extraordinário é um livro que o título é a definição ao pé da letra da história, um dos meus queridinhos da vida!
    ps: acabei de confirmar que tem uma edição de O Morro dos Ventos Uivantes no Unlimited, devidamente adicionado à minha lista de leituras, começo em breve! <3
    Amei o post lindo e cheio de referências inspiradoras, Vic! (Eu cheias das intimidades chamando de Vic... ehehe) <3
    xoxo

    ResponderExcluir
  11. Amei esse post!
    Eu ainda não li esse livro da Agatha Cristie, mas já li outros dois e amei! Estou lendo Orgulho e Preconceito e quero muito ler O Morro dos Ventos Uivantes.
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir
  12. Aaaaah, R.J. Palacio é uma mulher maravilhosa, né? Eu sempre participo das campanhas dela via Redes Sociais, Extraordinário é tipo meu livro favorito!
    Chimamanda também é outra que já virou ídola... E eu tenho muuuita vontade de reler "O Di[ario de Anne Frank" porque quando fiz isso a primeira vez era meio nova e não gostei... Sinto que agora, mais velha e beeem mais madura, vou conseuir vencer qualquer que seja esse bloqueio que tive na época.
    Adorei seu post! Já li a maioria dessas autoras, então é muito gostoso vê-las indicadas aqui!

    Sweet Luly

    ResponderExcluir
  13. Muitos livros maravilhosos, não é mesmo? Acabei de ler girlboss e já estou emendando em extraordinário - e não sabia que a escritora era mulher! Pretendo ler o livro da Chimamanda e me interessei bastante por orgulho e preconceito, fora o diário de anne frank que eu pre-ci-so ler! Ótimas dicas! :)

    blog vestidinho jeans

    ResponderExcluir


Tecnologia do Blogger.